Daniel Blaufuks

Daniel Blaufuks tem trabalhado na relação entre fotografia e literatura, através de obras como My Tangier com o escritor Paul Bowles. Mais recentemente, Collected Short Stories apresentou vários diptícos fotográficos numa espécie de «prosa de instantâneos», um discurso baseado em fragmentos visuais, que insinuam histórias privadas a caminho de se tornarem públicas. A relação entre o público e o privado, a memória individual e a memória coletiva tem sido, aliás, uma das constantes interrogações no seu trabalho.

Utiliza principalmente a fotografia e o vídeo, apresentando o resultado através de livros, instalações e filmes. O seu documentário Sob Céus Estranhos foi apresentado no Lincoln Center em Nova Iorque. Algumas das suas exposições foram no Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa; Palazzo delle Papesse, em Siena; LisboaPhoto, Centro Cultural de Belém, em Lisboa; Elga Wimmer Gallery, em Nova Iorque; e Photoespaña, em Madrid, onde o seu livro Sob Céus Estranhos recebeu o prémio de melhor edição internacional do ano de 2007. Neste ano foi galardoado igualmente com o prémio BES Photo. O seu livro Terezín foi publicado pela editora Steidl, de Göttingen.

Em 2011 expôs no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, e já em 2014 no Museu Nacional de Arte Contemporânea em Lisboa.

Mais informações em http://www.danielblaufuks.com

DB

Obras publicadas na INCM:

0 comentários:

Enviar um comentário