Blogger Template

«Carlos Ramos – Arquiteturas do Século XX em Portugal» distinguido com o Prémio Joaquim Carvalho 2015



«Carlos Ramos – Arquiteturas do Século XX em Portugal», edição conjunta da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) e da Imprensa da Universidade de Coimbra (IUC), acaba de ser distinguido com o Prémio Joaquim Carvalho 2015.

Trata-se do estudo sobre as obras dos dois destacados arquitetos Carlos Chambers Ramos (1897-1969) e seu filho Carlos Manuel Ramos (1922-2012), com texto de José Manuel Fernandes e fotografias do Arquivo JMF e Ana Janeiro.

Carlos Ramos «Fundador» foi um dos nomes maiores da Arquitetura Modernista portuguesa, a par de Pardal Monteiro, Cassiano Branco, Cristino da Silva e Jorge Segurado. Carlos Ramos «Continuador» pertenceu a outra geração de não menos notáveis arquitetos, entre os quais Nuno Teotónio Pereira, Manuel Tainha, Conceição Silva, Vítor Palla, Alzina Menezes e Luís Nobre Guedes.

Duas referências fundamentais da arquitetura portuguesa do séc. XX, autores de obras tão emblemáticas como o Pavilhão de Rádio do IPO, o Estádio dos Belenenses, o Edifício da Diamang (atualmente RTP) em Lisboa, ou o Hotel dos Templários em Tomar, entre outras.

O Prémio Joaquim de Carvalho, instituído pela Imprensa da Universidade de Coimbra em 2010, distingue trabalhos realizados no âmbito da investigação ou da divulgação científicas, publicadas pela IUC no ano imediatamente anterior.

À venda nas nossas lojas: https://www.incm.pt/portal/loja_detalhe.jsp?codigo=102468


RAS

0 comentários :

Enviar um comentário

Mais

Outros