Nova edição do «Dicionário de Eça de Queiroz», por Guilherme dʼOliveira Martins



por Guilherme d'Oliveira Martins

«No último fim-de-semana, o CNC organizou, aliás, no Centro Cultural de Belém o dia de Eça de Queiroz, que foi um grande sucesso de público, com grande qualidade nas intervenções.

(...)

É recorrente o debate sobre a atualidade da obra de Eça de Queiroz.(...) Apesar das profundas transformações que sofreu, a sociedade portuguesa, no último século, apresenta óbvias continuidades, que o sentido irónico de Eça fixa com especial talento, a ponto de sensibilizar e motivar os leitores de hoje para os elementos que se mantém – desde o centralismo e da burocratização, até ao formalismo e à pequenez de ambientes e procedimentos.»

Artigo completo aqui.

0 comentários:

Enviar um comentário