CITADOR IMAGINÁRIO #1


por Cláudio Garrudo













Aguardo, equânime, o que não conheço –
Meu futuro e o de tudo.
No fim tudo será silêncio, salvo
Onde o mar banhar nada.


Livro: Fernando Pessoa,
Poemas de Ricardo Reis, coleção Pessoana,
Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2015.



© do texto: editor textual e INCM; © da imagem: Cláudio Garrudo
Fotografia com dispositivo móvel, INCM, Lisboa, 2016

0 comentários:

Enviar um comentário