Blogger Template

EDIÇÃO NACIONAL — «Património Vivo»













por Jorge Reis-Sá



Um livro não é só um livro. Quando se pensa num livro, pensa-se — e tão erradamente — em romance. Talvez porque tudo na nossa espécie seja a procura biológica do outro. Mas um livro é mais do que literatura.

A maior parte dos livros dizem mais do que ficção. Temos de convir que a própria ficção está muito sobrevalorizada. Para quê contar histórias quando a realidade nos surge como bem mais interessante? De invenções está o mundo cheio — a um escritor talvez baste compor a realidade para melhor ser apreendida.

Um livro também não é só letra. Pode e deve ser imagem. Como pode e deve ser ajuda. E é isso que este livro é.

Uma agenda, dir-se-ia. Mas tão mais do que isso. Um livro de pleno direito, sem a diminuição que a papelaria tem em relação à livraria. Uma obra artística.

Há já muitos anos que Luísa Ferreira Nunes nos oferece os seus desenhos. Acompanham-nos diariamente, lembram-nos. Porque o que nos trazem é a biologia diversa em todo o seu esplendor. São desenhos que são pinturas e agendas, diários, que nos permitem compor cada um com a nossa caligrafia. A biologia é um património vivo, como é a vida — não fosse a definição de biologia o próprio estudo da vida. E a agenda que a Imprensa Nacional em boa hora editou está fadada para nos ajudar a compor a nossa.

Título: Agenda Natural.PT — Património Vivo
Autora: Luísa Ferreira Nunes
176 páginas impressas nas oficinas da Imprensa Nacional-Casa da Moeda em papel Cyclus Offset 100% reciclado em Dezembro de 2015.

0 comentários :

Enviar um comentário

Mais

Outros