CITADOR IMAGINÁRIO #5








por Cláudio Garrudo







A verdade é algumas vezes o escolho de um romance.
Na vida real, recebêmo-la como ela sai dos encontrados casos, ou da lógica implacável das coisas; mas na novela, custa-nos a sofrer que o autor, se inventa, não invente melhor; e, se copia, não minta por amor da arte.

Livro: Amor de Perdição, Camilo Castelo Branco, 
coleção Edição Crítica de Camio Castelo Branco,
edição de texto de Ivo Castro,

Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2007


© do texto: editor crítico e INCM
© da imagem: Cláudio Garrudo.
Fotografia com dispositivo móvel, INCM, Lisboa, 2016

0 comentários:

Enviar um comentário