«Vou ao Teatro Ver o Mundo», uma edição conjunta da INCM e do Teatro Nacional São João





Vou ao Teatro Ver o Mundo
 
Autor: Jean-Pierre Sarrazac
Ilustrações e design gráfico: Abigail Ascenso

Tradução: Alexandra Moreira da SilvaINCM / Teatro Nacional São João 


O novo livro de Jean-Pierre Sarrazac «propõe-nos um diálogo imaginário entre Martinho, um adolescente que vai assistir pela primeira vez a uma representação teatral, e Jean-Pierre Sarrazac, ensaísta e dramaturgo francês que o conduz numa viagem pelas ideias políticas, estéticas e filosóficas que marcaram a história do teatro. Um caminho exigente percorrido com alegria, na companhia de autores clássicos e contemporâneos, filósofos e artistas, Platão e Beckett.»
O que é o teatro, e como se faz? Porquê ir ao teatro? Este jogo das perguntas resulta numa espécie de iniciação à mais nobre e estimulante das artes: a arte de ser espectador. Vamos ao teatro ver o mundo? Sim, mas vamos também para o interpretar e talvez mesmo para o refazer, pelo menos em imaginação.

(...)

Esta noite, o Martinho vai assistir pela primeira vez a uma representação teatral. Perplexo, interroga-se sobre o que irá ver. Pergunta a si próprio o que será exatamente o teatro quando deixa as páginas de um livro e passa para o palco.

(...)


(...) porquê ir ao teatro? É certamente a questão que se coloca o Martinho. (...) No teatro, e ainda que não façamos mais nada senão ler a peça – o que é sempre uma boa iniciativa antes de a vermos representada –, vemos o mundo sob forma dramática. O que é que isto quer dizer?… Façamos novamente apelo à etimologia: em grego antigo, drama significa ação. Vamos ao teatro ver as ações dos homens e das mulheres que, movidos pelas suas paixões e interesses singulares, entram em conflito uns com os outros.

(...)

o teatro, quando desempenha plenamente a sua missão, constitui uma espécie de espaço de utopia no seio da sociedade. Um lugar de resistência. Simultaneamente de crítica ao que existe e de reinvenção poética do mundo.


Uma belísima edição, com tradução de Alexandra Moreira da Silva e ilustrações e design de Abigail Ascenso, destinada a todos os públicos mas em especial ao juvenil.





0 comentários:

Enviar um comentário