Já a decorrer a 2.ª edição da Morabeza - a Festa do Livro de Cabo Verde




Depois do sucesso da primeira edição da Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde, na Cidade da Praia, este ano a festa do livro está a decorrer na cidade do Mindelo, na ilha de São Vicente. Começou no dia 19 de outubro e prolonga-se até ao próximo domingo, 28 de outubro.

Nesta segunda edição, a Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde celebra o ponto de encontro entre África, Europa e América e, claro, as suas literaturas.

Esta grande festa do livro - já considerada um dos maiores eventos literários dos Palop’s - conta com a participação de 40 convidados, entre autores, editores, atores, professores, jornalistas, políticos, e divulgadores culturais.

De entre os convidados destacam-se nomes como Miguel Sousa Tavares, Júlio Magalhães, Margarida Fontes, Fátima Fernandes e Francisco José Viegas, Yara dos Santos, João Branco, Vera Duarte, Lázaro Ramos, Nuno Miguel Pinto Martins, Filipa Melo, João Céu e Silva , Olavo Bilac Cardoso , Juan-Manuel García Ramos, Manuel Veiga , Duarte Azinheira, Fátima Bettencourt, Carmen Posadas, Pedro Marques Lopes, Shauna Barbosa e José S. Gómez Soliño.

Presente estará também o mais recente agraciado com o Prémio Camões: Germano Almeida, nascido na ilha da Boa Vista, em 1945, que encerrará este certame.

Além dos encontros com escritores, decorrem ações de formação para profissionais ligados ao mercado editorial e sessões dirigidas ao público escolar e universitário de São Vicente, num compromisso com o talento cabo-verdiano.

E porque os livros também passam no grande ecrã, a Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde abre também as suas portas à sétima arte com um ciclo de cinema em português e a projeção, entre outros, de «A Costa dos Murmúrios», de Margarida Cardoso.

Durante a Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde, será ainda anunciado o vencedor da primeira edição do Prémio Literário Arnaldo França. Esta que é uma iniciativa conjunta da Imprensa Nacional-Casa da Moeda e da Imprensa Nacional de Cabo Verde, com o objetivo de promover o talento literário cabo-verdiano com a edição da obra vencedora em Portugal e Cabo Verde. E também homenagear o grande figura que foi Arnaldo França: poeta e ensaísta, académico que esteve na génese do ensino superior em Cabo Verde, crítico, investigador e historiador da literatura cabo-verdiana.

Até ao próximo domingo, o Centro Cultural do Mindelo acolhe ainda uma feira do livro que conta com mais de 2000 livros a preços mais baixos, sem esquecer, os títulos dos convidados do evento.

Já se sabe que em 2019 será a ilha do Fogo a acolher a terceira edição do Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde.

Entretanto esteja atento: o vencedor da primeira edição do Prémio Literário Arnaldo França está quase, quase a ser anunciado!



Conheça o Programa da Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde aqui



0 comentários:

Enviar um comentário