Seminário Permanente de Estudos Globais com Rui Carita | 19 de outubro | Biblioteca da Imprensa Nacional




SEMINÁRIO PERMANENTE DE ESTUDOS GLOBAIS | Sessão XXIII

Sessão: «Os 600 anos do início do povoamento da Madeira e de Porto Santo como primeiro passo da primeira grande globalização»
Organização: INCM | UAb | CIDH | FCT | CLEPLUL | APCA | IAC
Data: Sexta-feira, 19 de outubro
Horário: 18:00 h
Local: Biblioteca da Imprensa Nacional (Lisboa)

Entrada livre condicionada à capacidade da sala.

«Rui Carita é professor catedrático aposentado de Arte e Design da Universidade da Madeira, onde foi Vice-Reitor e Pró Reitor para a área de Projectos Científicos, tendo sido igualmente professor convidado da Universidade de Pisa, em Itália e assessor para a recuperação de património, na Universidade de Santa
Catarina, no Brasil, tendo sido convidado no passado ano de 2012 para idêntico trabalho, no sultanato de Sarjah, nos Emirados Árabes Unidos, envolvendo trabalhos de arqueologia nas antigas fortalezas portuguesas no Golfo da Arábia. Tem orientado teses de Mestrado e Doutoramento em universidades portuguesas, italianas, espanholas e marroquinas, assim como participado em júris nessas universidades, especialmente nas áreas de Património Edificado, Arquitectura e Urbanismo, Arqueologia, e Artes Decorativas.
Coordena diversos projetos de investigação com parceiros dos Açores, Canárias e Cabo Verde, envolvendo investigação e inventariação de património cultural, assim como a sua disponibilização por meios informáticos, tendo iniciado neste ano idêntica colaboração com o Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Tem cerca de 50 livros e 200 catálogos, roteiros e comunicações editados em várias línguas, sendo as edições mais recentes o Colégio dos Jesuítas do Funchal, de 2013, o Roteiro Republicano referente à Madeira, em 2010, os trabalhos sobre os 500 Anos do Funchal, editados pela Comissão destas celebrações e pelos CTTs, em 2008 e a monografia sobre O Escudo do Reino. A Fortaleza de São Julião da Barra, editado pelo Ministério da Defesa, em Dezembro de 2007»

Fonte: conselhodecultura.uma.pt

0 comentários:

Enviar um comentário