A Voz dos Poetas, 12 de novembro: Camões dito por Jorge Silva Melo




Os Artistas Unidos continuam a dar voz aos poetas na Biblioteca da Imprensa Nacional.

A próxima sessão de «A Voz dos Poetas» é já na próxima segunda-feira, dia 12 de novembro, pelas 18h30. E esta é uma sessão especial: Jorge Silva Melo vai ler um poeta muito caro a todos nós. Nem mais: o protagonista desta sessão será Luís Vaz de Camões (1524-1580), figura ímpar da Literatura em Língua Portuguesa.

Autor de uma das mais importantes obras da Literatura Portuguesa, Os Lusíadas, Camões escreveu também poemas líricos, versos bucólicos, comédias e sonetos, entre eles o famoso «Amor é fogo que arde sem se ver».

Poeta erudito e popular, humanista viajado e aventureiro, Camões é símbolo do país que o celebra todos os anos a 10 de junho. Sobre ele afirmou Jorge de Sena:

«Se pouco sabemos de Camões, biograficamente falando, tudo sabemos da sua persona poética, já que não muitos poetas em qualquer tempo transformaram a sua própria experiência e pensamento numa tal reveladora obra de arte, como a poesia de Camões é».

Não perca esta récita!

Programa: A Voz dos Poetas
Textos: Luís Vaz de Camões
Leitura de poesia: Jorge Silva Melo | Artistas Unidos
Local: Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica, n.º 135, Lisboa)
Data: 12 de novembro 2018
Horário: 18:30 h

0 comentários:

Enviar um comentário