«Correspondência Luso-brasileira - das Invasões Francesas à Corte no Rio de Janeiro (1807-1821)»


29 de novembro de 1807.

A família real portuguesa realiza uma saída apressada de Lisboa para escapar aos invasores franceses, a bordo do navio almirante Príncipe Real, do Vice-Almirante Manuel d’Acunha Sottomayor. A frota portuguesa foi escoltada por navios da Armada Britânica.
 
As forças francesas entrariam em Lisboa na madrugada do dia seguinte, a 30 de novembro, com o general Junot ao comando de 1 500 homens, depois de um longo e penoso percurso. 

A corte permaneceria no Brasil até 1821.

Correspondência Luso-brasileira - das Invasões Francesas à Corte no Rio de Janeiro, em dois volumes,  constitui uma importante fonte para o estudo deste período da história de Portugal e do Brasil.  São cartas trocadas entre membros das famílias Pinto da França e Garcez e fornecem-nos uma visão inestimável dos acontecimentos que os seus autores testemunharam.


Conheça mais detalhes desta obra na nossa loja online. Aqui.

0 comentários:

Enviar um comentário