«A Natureza do Acto Criador», de Urbano Tavares Rodrigues




Urbano Tavares Rodrigues nasceu 6 de dezembro de 1923, em Lisboa, cidade onde viria a falecer a 9 de agosto de 2013. Tinha 61 anos de carreira literária e 89 anos de vida.

Ficcionista, ensaísta, crítico literário, investigador, professor, jornalista, militante do PCP, forte opositor do regime salazarista figura cimeira da cultura portuguesa do século XX,  Urbano Tavares Rodrigues foi também um dos mais prolíferos escritores da sua geração. E foram muitos os prémios literários que distinguiram a sua obra:


Prémios Ricardo Malheiros, Aquilino Ribeiro e Fernando Namora;

Prémio da Associação Internacional de Críticos Literários;
Prémio da Imprensa Cultural;
Prémio Vida Literária da Associação Portuguesa de Escritores;
Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco.

Com a Imprensa Nacional, Urbano Tavares Rodrigues, publicou As Torres Milenárias (2012)A Natureza do Acto Criador (2011)O Mito de D. Juan e outros Ensaios de Escreviver (2005), O Texto Sobre o Texto (2001). 


Foi também autor de vários prefácios de livros publicados pela editora pública, caso das «Obras Completas de Manuel Teixeira Gomes».





0 comentários:

Enviar um comentário