Do Terreiro do Paço à Praça do Comércio - História de um Espaço Urbano, nos 320 anos do Marquês




Sebastião José de Carvalho e Melo, diplomata e estadista português, conhecido como Marquês de Pombal e Conde de Oeiras, nasceu nas Mercês, em Lisboa, há 320 anos. Era o dia 13 de maio de 1699.

Indissociável da figura do Marquês de Pombal, é a Praça do Comércio, em Lisboa. Conheça a história da  mais emblemática praça lisboeta em Do Terreiro do Paço à Praça do Comércio - História de um Espaço Urbano, uma obra coordenada por Miguel Figueira de Faria, numa edição da Imprensa Nacional em parceria com a Universidade Autónoma de Lisboa.

Conta com textos de Aline Gallasch‑Hall, António Filipe Pimentel, Cristina Dias (que apoiou a coordenação), Hélder Carita, José de Monterroso Teixeira, Maria Helena Barreiros, Maria Helena Ribeiro dos Santos, Miguel Figueira de Faria e Miguel Soromenho.


Terreiro do Paço/Praça do Comércio: História de Um Espaço Urbano
é o segundo título da trilogia, iniciada com o volume Praças Reais: Passado, Presente e Futuro 1, que se conclui com a edição crítica da obra de Joaquim Machado de Castro, Descripção Analytica da Execução da Real Estatua Equestre… (Lisboa, 1810).



A presente obra, publicada em 2012, procura compreender a progressiva metamorfose do Terreiro do Paço/Praça do Comércio como referente da cultura urbanística de Lisboa.

O desafio lançado foi o de reunir num só volume uma visão global e actualizada sobre as várias idades do espaço, atendendo à sua evolução morfológica, simbólica e funcional, num progressivo escrutínio das soluções arquitectónicas, monumentais e utilização quotidiana que se sucederam entre os séculos xvi e xix.

Oferecer ao público um elemento seguro de informação e consulta, onde se estabelecesse, simultaneamente, a fixação da doutrina e a renovação do estado da questão, constituiu o objectivo central do presente conjunto de ensaios. Para além das reflexões originais que apresenta procurou-se, ainda, disponibilizar uma sólida base de dados bibliográfica e iconográfica, reunindo o essencial das duas etapas — pré e pós terramoto — determinantes na compreensão da evolução do primitivo terreiro à praça programada pombalina e da sua necessária articulação com as soluções urbanas que o envolveram, desde a fundação manuelina até à conclusão oitocentista.

Saiba mais detalhes sobre esta obra na nossa loja online.  Aqui.




0 comentários:

Enviar um comentário