Mais uma novidade: «O Outro Lado do Desenho», de Fernando Guimarães




Uma narrativa pode ser uma reflexão sobre a realidade, a vida, o conhecimento. Mas também pode ser igual a um espelho onde tudo se torna virtual como se fosse o encontro com o nada, com a perda ou com a ausência. O sentido das palavras acaba muitas vezes por se perder nelas mesmas, embora isso aconteça sem que sejam ainda o silêncio ou o esquecimento.

As narrativas incluídas neste novo título da coleção «Olhares» procura-se finalmente encontrar o significado de algumas dessas palavras.

Recorde-se que Fernando Guimarães tem publicado vários livros de poesia e de ensaio. Acabam de sair neste ano um livro seu de poesia intitulado Junto à Pedra e um de ensaio intitulado A Arte é Conhecimento? Os seus livros mereceram vários prémios literários, nomeadamente o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio de Ensaio Jacinto do Prado Coelho. Ao conjunto da sua obra ensaística foi atribuído pela Universidade de Évora o Prémio Vergílio Ferreira. Na área da narrativa publicou As Quatro Idades e na do teatro Diotima e as Outras Vozes. Saíram também em livro traduções suas de poetas ingleses, nomeadamente Byron, Shelley, Keats ou Dylan Thomas.


0 comentários:

Enviar um comentário