Exemplar do Diário do Governo de 5 de julho de 1821 | Objetos com História



Exemplar do Diário do Governo de 5 de julho de 1821.

A história do Diário da República está intimamente ligada à história da Imprensa Nacional.

Na origem mais remota do atual jornal oficial encontra-se a Gazeta de Lisboa, publicada desde 1715, com várias mudanças de designação e diversas interrupções, estendendo-se até 1833.

Tratava-se, originalmente, de um periódico promovido pela iniciativa privada onde se podiam ler notícias de vida das cortes europeias, do quotidiano religioso ou de acontecimentos políticos, sociais e económicos.

A Gazeta foi publicada pela Impressão Régia entre 1778 e 1803 e novamente entre 1814 e 1820, sucedendo-lhe o Diário do Governo que, com breves aparições entre setembro de 1820 e fevereiro de 1821 e depois entre julho de 1821 e junho de 1823, passou a conjugar um papel noticioso e instrutivo com informação administrativa de interesse público, chegando mesmo a fundir-se com a Gazeta em dezembro de 1820.

Ou seja, a produção da Gazeta de Lisboa foi evoluindo de um caráter estritamente noticioso para a divulgação da ação do Estado e respetiva legislação, passando a assumir, no contexto das lutas entre liberais e absolutistas, um caráter político mais evidente.

Com uma primeira curta aparição do Diário do Governo, entre outubro de 1820 e fevereiro de 1821, a Folha Oficial do governo atravessou várias alterações de designação, de propósitos e de estilo até à sua estabilização como jornal oficial.

0 comentários:

Publicar um comentário